top of page
  • Foto do escritorMarketing Caphead

Kobe Bryant: A Mentalidade Mamba


Kobe Bryant do Lakers
Kobe Bryant

Kobe Bean Bryant, mais conhecido por Kobe veio ao mundo na cidade da Filadélfia, nos Estados Unidos, em 23 de agosto de 1978. Ele é o caçula dos três filhos do casal formado pelo ex-jogador de basquete Joe Bryant e Pamela Cox.


Quando tinha apenas seis anos, Kobe e sua família partiram rumo à Itália, após seu pai deixar a NBA para jogar basquete na Europa. Essa experiência permitiu que ele se tornasse fluente em italiano e espanhol. Em 1991, eles regressaram aos Estados Unidos, e mesmo sem ter passado pela universidade, Kobe chamou a atenção dos olheiros da NBA. Durante o ensino médio, seu pai era seu treinador.


Embora não tenha sido a primeira escolha no draft de 1996, Kobe deixou claro seu desejo de jogar em Los Angeles. Assim, ele foi selecionado como o décimo terceiro na primeira rodada, aos 17 anos de idade, e assinou contrato com o Los Angeles Lakers.


Kobe

Kobe se tornou o jogador mais jovem na história da NBA a entrar em quadra e iniciar um jogo (um recorde que só foi superado anos depois por Andrew Bynum, pivô da equipe). No entanto, sua primeira temporada foi marcada por poucos minutos em quadra. Em 1997, ele conquistou o Slam Dunk Contest.


Com seu talento em constante evolução, Kobe conquistou cada vez mais espaço ao longo das temporadas com os Lakers. No segundo ano pelo clube, ele se tornou o jogador mais jovem a participar do All-Star Game e foi o maior pontuador da NBA entre os jogadores não titulares.


Apesar de uma lesão na mão que o afastou das quadras por seis semanas, Kobe liderou os Lakers na temporada 1999-2000, resultando na melhor campanha da temporada regular, com 67 vitórias e 15 derrotas. Eles chegaram às finais da NBA e conquistaram o título contra o Indiana Pacers. Phil Jackson, treinador dos Lakers, e Shaquille O'Neal, pivô da equipe, foram peças fundamentais nessa conquista, que se repetiria nas duas temporadas seguintes.


Na temporada 2007-08, Kobe foi eleito o Jogador Mais Valioso (MVP) da liga, e ele ajudou os Lakers a vencerem o campeonato da NBA novamente em 2009 e 2010, sendo eleito o MVP das finais em ambas as ocasiões. Além disso, ele conquistou a medalha de ouro nas Olimpíadas de Pequim, em 2008, e em Londres, em 2012, representando a Seleção Americana de Basquete.


Kobe Bryant

Em março de 2013, Kobe se tornou o quarto maior pontuador da história da NBA, mas um mês depois sofreu uma lesão devastadora: rompeu o tendão de Aquiles. Apesar desse revés, ele retornou em dezembro do mesmo ano, apenas para fraturar o joelho pouco tempo depois. Após uma longa recuperação, ele voltou às quadras em março de 2014.


Superando lesões e altos e baixos no esporte, Kobe não apenas se tornou o terceiro maior pontuador da história da NBA, ultrapassando até mesmo Michael Jordan, mas também anunciou sua aposentadoria por meio de uma carta aberta em novembro de 2015. Ele encerrou sua carreira ao final da temporada, em abril de 2016, com uma atuação memorável: marcando 60 pontos, a maior pontuação de um jogador naquela temporada e se tornando o jogador mais velho a marcar pelo menos 50 pontos em uma partida da NBA.


Ao longo de seus 20 anos defendendo a equipe de Los Angeles, Kobe disputou 1.346 partidas e anotou 33.643 pontos, estabelecendo-se como o maior pontuador da história do clube. Ele utilizou a camisa número 8 até a temporada 2006-07 e, a partir de então, passou a vestir a camisa número 24 até o fim de sua carreira no basquete.


Além de suas conquistas nas quadras, Kobe Bryant entrou para a história ao se tornar o primeiro afro-americano a vencer o Oscar de Melhor Curta-Metragem de Animação em 2018. Seu curta-metragem "Dear Basketball" foi uma carta de amor ao esporte e também marcou a primeira vez que um ex-atleta profissional foi indicado e venceu um prêmio da Academia.


Kobe Bryant, também desenvolveu ao longo dos anos uma mentalidade extremamente forte, ele a chamava de "Mentalidade Mamba", seus colegas de time diziam que Kobe era movido por uma força mental gigantesca e isso o ajudou a chegar à grandeza. Kobe possuía uma das mentalidades mais determinadas, não apenas para um jogador de basquete, mas também para qualquer ser humano.


Essa força o ajudou a criar sua própria filosofia. Em resumo, a mentalidade Mamba significa "se esforçar constantemente para melhorar a cada dia", isso é a "maneira mais simples de buscar aprimoramento em tudo o que você faz".


Kobe Bryant e a mentalidade mamba

 

Produtos CapHead inspirados no tema


Inspirados por toda a riqueza da história de Kobe, por seus feitos e sua mentalidade forte, a CapHead não podia deixar de fazer a sua interpretação artística única e exclusiva dessa lenda.





Clique aqui e confira toda nossa coleção.


Observação importante: Gostaríamos de esclarecer que todas as estampas disponíveis em nossa coleção são resultado de uma releitura artística e não possuem licenciamento oficial de nenhum jogo, série, equipe de basquete, clube de futebol ou qualquer outra entidade mencionada. Inspirados por esses temas, dedicamo-nos a criar peças exclusivas que capturam a essência e a magia desses universos. No entanto, é fundamental destacar que não possuímos afiliação comercial ou autorizações formais das marcas citadas. Nossa proposta é oferecer uma perspectiva artística única, celebrando e homenageando esses temas populares por meio de nossas estampas criativas. Convidamos você a explorar nossa coleção e a apreciar a paixão e a originalidade que permeiam cada uma de nossas releituras.

Comments


bottom of page